Tubo de aço ASTM A53 vs. A500: Qual é a diferença?

diferenças entre os tubos de aço ASTM A53 e A500

Os tubos de aço são comumente usados em quase todos os setores. Da construção ao transporte, esses tubos servem a seus propósitos. São usados diferentes padrões para os tubos.

No entanto, ASTM A53 vs. A500 O padrão de tubos de aço é comum. No entanto, suas diferenças são menos compreendidas.

ASTM é a abreviação de American Society for Testing and Materials (Sociedade Americana de Testes e Materiais). Essas duas normas abrangem especificações diferentes dos tubos de aço. O uso pretendido desse aço também é diferente. Portanto, se você não as entende, não se preocupe! Este guia o ajudará a entendê-las.

Visão geral dos tubos de aço ASTM A53 vs. A500

Os tubos ASTM A53 podem ser sem costura ou soldados. Eles abrangem tubos de aço galvanizado por imersão a quente feitos de conformação a quente e a frio.

Os tubos A500 são fabricados por meio de conformação a frio. Eles apresentam tubos soldados e estruturas de aço carbono de diferentes formatos.

A ASTM (American Society for Testing and Materials) tem padrões para diferentes materiais. A A53 e a A500 são duas dessas normas.

Há várias diferenças entre esses dois materiais. Devido a essas diferenças, seu uso também é diferente.

Os tubos de aço são parte integrante de nossas vidas e essenciais para nossa sustentabilidade. Os tubos de aço A53 são especializados em suportar alta pressão e transportar líquidos, gás, vapor e fluidos de vapor. Além disso, eles também são macios e flexíveis.

Por outro lado, os tubos de aço A500 são fortes e têm maior resistência à tração, o que os torna adequados para trabalhos de construção.

Seus processos de fabricação, aparência, qualidade e tolerância são diferentes. Tanto o ASTM A53 quanto o A500 servem de acordo com suas características e propriedades.

Quais são as diferenças entre ASTM A53 e A500?

Esses dois materiais são estruturas ocas. Entretanto, há muitas diferenças entre eles. Na seção abaixo, explorarei suas diferenças fundamentais. Entender essas duas diferenças o ajudará a tomar sua decisão de compra.

1. Uso pretendido

Como eu disse anteriormente, esses dois tubos de aço têm diferentes possibilidades de uso. Por exemplo, o A53 tem alta capacidade de suportar pressão, por isso é usado para transportar líquidos, gases e outros fluidos. Seu formato também é circular, o que facilita o transporte de líquidos.

Por outro lado, o tubo de aço A500 é mais rígido. Seu formato pode ser retangular ou quadrado. Seu uso é comum em trabalhos de construção. Também é considerado especializado para a fabricação de sinais de trânsito e torres de comunicação.

2. Qualidade e resistência ao escoamento

Esses dois tubos são excelentes e de qualidade semelhante. Lembre-se de que a equipe de controle de qualidade especializada testa o ASTM A53, portanto, não haverá problemas quanto à qualidade de nenhum deles. No entanto, o A500 vence quando se trata de resistência.

O limite de escoamento é a capacidade do material de suportar a tensão sem quebrar. Os tubos de aço A500 têm um limite de escoamento maior do que os tubos de aço A53. Portanto, eles são usados em trabalhos de construção e podem suportar cargas pesadas. Por exemplo, o limite de escoamento do A500 Grau C é de 46 Ksi.

Por outro lado, a resistência ao escoamento do A53 é de apenas 35 Ksi. Isso indica uma diferença de resistência de quase 30% entre esses dois materiais. Devido à maior resistência ao escoamento, o A500 oferece melhor durabilidade e qualidade. Todas as classes desses materiais compartilham essa diferença de resistência ao escoamento.

3. Processo de fabricação

Esses dois tipos de aço diferem em termos de seu processo de fabricação. Por exemplo, o aço A53 pode ser produzido por meio de conformação a frio e a quente. A conformação é uma técnica usada em metalurgia. Ela ajuda a fabricar um produto unindo ou removendo peças.

O A500 emprega exclusivamente a conformação a frio. Depois de unir as peças, elas são soldadas para criar soldas sem costura. O bom é que o tubo de aço A500 não passa por nenhum processo adicional de acabamento. A conformação a frio é suave e proporciona um ótimo acabamento.

4. Composição química

Esses dois materiais são compostos por elementos semelhantes. Esses elementos incluem carbono, silício, níquel e manganês. O conteúdo ou a porção desses elementos varia em cada tipo. Aqui está a tabela que mostra sua composição química:

Composição químicaTubo de aço A500Tubo de aço A53
Carbono (C)0.28%0.22%
Manganês (Mn)0.07%0.09%
Silício (Si)0.07%0.09%
Níquel (Ni)0.6-0.8%0.6-0.8%

5. Designação

Quando os engenheiros falam sobre canos e tubos para diferentes trabalhos, eles usam nomes específicos para descrevê-los. Isso facilita o uso desses tubos. Essa nomeação ou especificação do tubo é chamada de designação.

Sua designação A53 utiliza o diâmetro e a espessura da parede. Esses tubos de aço transportam coisas como vapor, ar ou água sob pressão. Por outro lado, os tubos de aço A500 são rotulados com medidas exatas, garantindo que se encaixem conforme necessário. Sua designação se baseia no diâmetro externo e na espessura.

6. Revestimento de laca

Como eu disse, os tubos de aço A500 são fabricados por meio de conformação a frio. Esse método produz um tubo muito liso com excelente acabamento. Por outro lado, a produção do A53 envolve conformação a quente. Infelizmente, o processo de conformação a quente não produz nenhum acabamento.

Portanto, os fabricantes aplicam revestimento de laca na superfície dos tubos A53. Esse revestimento melhora o acabamento da superfície. Embora esse acabamento seja essencial, às vezes ele pode causar dor de cabeça. Por exemplo, esse revestimento funciona como um obstáculo durante a soldagem ou a pintura. Você terá de removê-lo para pintar ou soldar o tubo.

A remoção do revestimento de laca é cara. Como você sabe, a soldagem e a pintura são partes essenciais da metalurgia. Portanto, se você usar um tubo A53, deverá remover o revestimento primeiro. Isso afetará o acabamento da superfície e aumentará o custo do produto.

7. Tolerâncias

Outra distinção importante entre esses tubos é a tolerância. Os tubos de aço A500 têm tolerâncias rigorosas. Isso significa que seu material não se desvia de uma medida específica. Devido a suas tolerâncias rigorosas, esses tubos mantêm sua integridade por anos.

Por outro lado, os tubos A53 não têm tolerância rigorosa. Eles contêm manganês em quantidades maiores. Esse material torna os tubos macios e flexíveis. Portanto, eles não têm tolerância rigorosa e se desviam de suas medidas. Portanto, não são confiáveis quando comparados com os tubos de aço A500.

Dicas rápidas: Devido à sua flexibilidade, os tubos A53 suportam facilmente a pressão. As indústrias os utilizam para transportar líquidos, gases e vapor. Os tubos de aço A500 apresentam tolerâncias rigorosas. Portanto, são usados em obras de construção, onde a durabilidade é fundamental.

8. Custo e acessibilidade

O A500 é mais econômico do que o A53. Isso ocorre porque esse aço é mais simples e oferece excelente acabamento de superfície. Portanto, os fabricantes não precisam tomar medidas adicionais para obter um acabamento de superfície liso.

Por outro lado, a produção do A53 é complexa. Os fabricantes utilizam a conformação a frio e a quente para produzi-lo. Esses processos não oferecem acabamento de superfície. Portanto, os engenheiros usam outros métodos ou etapas para obter o acabamento da superfície. Esse processo adicional torna o A53 mais caro.

Não apenas o preço, mas também a usabilidade do A53 é cara. Como mencionei, os fabricantes aplicam o revestimento de laca nos tubos A53 para obter o acabamento. Entretanto, durante o uso, o engenheiro precisa remover esse revestimento para soldar ou pintar, o que aumenta o custo. Além disso, a disponibilidade do A53 também é um desafio.

Qual deles você deve usar: Tubo de aço ASTM A53 vs. A500?

Como eu disse, esses dois tubos de aço são amplamente utilizados em trabalhos em metal. Embora sejam diferentes em suas propriedades físicas, eles atendem melhor às suas finalidades. Sua escolha depende muito de suas necessidades e preferências.

Se estiver trabalhando na construção civil, a ASTM A500 deve ser sua opção. Eles também são adequados para sinalização de rodovias e torres de comunicação. Sua tolerância rigorosa, alta resistência ao escoamento e preço acessível fazem deles a melhor escolha.

No entanto, se você preferir o transporte de líquidos, opte pelos tubos de aço ASTM A53. Eles podem suportar facilmente a pressão graças ao material de manganês que os torna macios e flexíveis. Essa flexibilidade aumenta sua capacidade de suportar pressão. No entanto, eles são mais caros do que o A500, o que pode ser uma desvantagem.

Conclusão

Não há dúvida de que esses dois tubos são úteis. Seu uso em muitos setores também comprova sua importância. No entanto, eles variam um do outro em muitos aspectos. Devido a suas diferentes propriedades físicas, seu desempenho é adequado para vários trabalhos.

Este guia apresenta todas as suas diferenças fundamentais. Em resumo, a ASTM A53 abrange tubos de aço galvanizado por imersão a quente. O A500 apresenta tubos estruturais de aço carbono. Você pode escolher qualquer uma dessas opções, dependendo de suas necessidades, preferências e orçamento.